10 JulOs meninos da caverna na Tailândia e o sagrado


Acompanhei, bastante apreensiva, devo confessar, o desenrolar do caso dos 12 meninos presos numa caverna com seu treinador na Tailândia. Logo que vi a foto dos meninos sentados calmamente esperando, após nove dias desaparecidos, num local úmido, escuro, frio, com alimento e água para poucos dias a mais, pensei na grande diferença entre o Oriente e o Ocidente.

Leia mais

13 JunA arte da diversidade: Barcelona


Anos atrás, quando ia abrir a behavior, conversei com algumas pessoas e recebi vários conselhos valiosos. Um deles tratava sobre a diversidade, que na época nem era conhecida com esse nome. Meu sonho era ter gente jovem antenada e com as características que, na época, representavam evolução: bilíngues no mínimo, viajados de preferência com um período de mochila nas costas e conectados com aquilo que havia de mais moderno nesses tempos: computador e acesso a e-mails.

Leia mais

20 MarO que o assassinato de Marielle Franco ensina sobre nossa sociedade?


Difícil falar sobre o que significa a morte da vereadora Marielle Franco do Rio de Janeiro. Difícil porque para compreender tudo o que essa morte representa precisamos ter uma clara visão sistêmica do momento da sociedade e como o poder opera.

Leia mais

07 MarMarço. Tempo de reflexão, desapego e inícios.


Adoro março. É o mês em que se inicia o outono abrindo espaço para a reflexão e a eliminação daquilo que não queremos mais. Na Roda do Ano mítica de vários povos indígenas e indo-europeus, o ano se inicia nesse período porque acreditam que era no “anoitecer”, longe da luz que torna tudo visível e público, que as coisas começavam. Assim como o bebê está vivo muito antes de vir à luz, o que colocamos para fora, já foi criado e construído muito antes dentro de nós.

Leia mais

11 JanQue tenhamos todos mais felizes deveres nas nossas vidas


Após algumas semanas em pausa me vejo no prazeroso e ao mesmo tempo desafiador momento de escolher com qual tema começar o ano. As pausas nos permitem com maior morosidade divagar sobre certos assuntos. A aproximação da virada do ano nos traz, quase que inevitavelmente, um pensar sobre o nosso futuro.

Leia mais

07 DezAlimentando a alma


Caminhando em direção à instalação da artista plástica Valeska Soares em Inhotim, vejo saindo da galeria uma mulher de meia idade. À medida que nos aproximamos posso perceber que está sorrindo, com um olhar maroto. Ao cruzar por mim, me olha e abre um sorriso como se quisesse compartilhar sua alegria.
 

Leia mais

22 SetO ciclo da vida: o que queremos semear nesta primavera?


No entanto venho refletindo e me preparando para viver plenamente a primavera, penso na vida cheia de tarefas e compromissos que a gente foi construindo ao nosso redor.

Leia mais

06 SetA urgência por uma visão integradora na nossa sociedade


Ambas correntes políticas fizeram coisas nobres e corretas. Ao mesmo tempo, erraram muito. Prejudicaram o país, seu crescimento e desenvolvimento social.

Leia mais

03 JulO declínio de quem não sabe a hora de parar


Alguns poderão argumentar que é nobre ver um velho senhor ainda em atividade. Pode ser. Embora não sei – e provavelmente nunca saberei – se é nobreza ou teimosia, mas pelo menos para mim, preferiria guardá-lo na memória como o homem brilhante, do que como um homem que não teve a sabedoria de reconhecer a hora de parar.

Leia mais

22 MarA leviandade que destrói futuros


Minha família viveu há duas semanas aquelas situações que, mesmo reais, parecem tão distantes que a sensação é de estarmos protegidos…

Leia mais