fbpx

29 Oct(Português) A Bela e a Fera no amor. Será que vale a pena?


(Português) Aprendi a gostar de filmes e desenhos animados da Disney com meu marido. O fato de ter aprendido a gostar mais deles como adulta, me faz vê-los com um olhar de pesquisadora e analisar as mensagens que eles transmitem para nós. Um dos contos de fadas que gostei de ver na grande telona e no palco como musical, A Bela e a Fera, é meu tema de reflexão neste texto. Para mim esse conto de fadas representa o que vejo bastante nas minhas pesquisas: a crença que cabe às mulheres a tarefa de transformar o monstro em um lindo e amoroso príncipe.

Leia mais

06 Aug(Português) A dificuldade em dizer adeus a um relacionamento


(Português) Há um comportamento, que tem se tornado característicos nos relacionamentos: o sumir. A pessoa se relaciona, demostra interesse, que está gostando – ou, pelo menos, a leitura do outro é essa – e um belo dia, simplesmente, some. Não atende telefone, não responde as mensagens de whatsapp e em alguns casos, bloqueia a, até ontem, pessoa amada. Sem explicação. Sem nenhuma palavra.

Leia mais

04 Jun(Português) A solidão das mulheres que investiram em autoconhecimento


(Português) Há mais de três décadas que frequento cursos, seminários, congressos, eventos, palestras e grupos de discussão sobre os temas mais diversos. Mesmo que os temas versem sobre o amplo mundo das ciências humanas, posso afirmar que nesses anos todos, a maioria dos participantes era mulher. E antes de continuar, e alguém levante dúvidas, trago aqui como fonte, o censo realizado pelo Inep, órgão do Ministério da Educação (censo de 2017): “elas são 55% dos estudantes ingressantes, 57% dos matriculados e 61% dos concluintes dos cursos de graduação. Na licenciatura, por exemplo, 70,6% das matrículas são do sexo feminino”.

Leia mais

13 Nov(Português) A masculinidade entre a sensibilidade e a fraqueza


(Português) Levantando dados para nutrir o Projeto Uno, projeto que alimenta os conhecimentos da behavior e deste blog, um dado me chocou: o suicídio é a principal motivo de morte dos homens abaixo de 45 anos na Inglaterra e nos Estados Unidos.  Mais: o número de suicídios de homens é quase quatro vezes maior que a de mulheres nesses dois países. Desse grupo de suicidas, nos Estados Unidos, a maioria pertence à raça branca.  Descartando assim a ideia de minoria que não encontrou seu lugar no mundo.

Leia mais

22 Aug(Português) Mais uma vitória da guerreira: o amor romanticamente maduro


(Português) Assisti a um casamento que me emocionou pela sensibilidade dos noivos, pela cerimônia e pelo o quê representa para as mulheres guerreiras que lutaram muito pelo seu espaço e pelo direito de amar e ser amada como elas são.

Leia mais

03 Aug(Português) A sina feminina que insistimos manter


(Português) A imaturidade masculina é sabida. Algo fazemos como sociedade que continuamos a criar homens fracos para assumir responsabilidades de homem adulto. E o que é pior, alimentamos esse comportamento mantendo a crença que “homem é assim mesmo” e “com jeitinho você – mulher- ajeita esse homem” como se a responsabilidade do homem ter caráter fosse da mulher.

Leia mais

22 SepPara positivar o homem na sociedade devemos acabar com o conceito de homem-majestade. Será que estamos prontos?


(Português) Por que é tão difícil positivar a nova identidade masculina? Porque ela, ao ter sido o lado público do velho modelo mental e social, está ligada diretamente ao poder antigo e a forma como vemos o que é bom e o que é ruim nesse cenário.

Leia mais
Foto Post Poupamos homens por que os consideramos mais fracos? Reflexões sobre a educação de nossos filhos

16 AprPoupamos homens por que os consideramos mais fracos? Reflexões sobre a educação de nossos filhos


(Português) Sem dúvida temos falado nas últimas semanas sobre temas espinhosos para os relacionamentos amorosos mulher-homem. O objetivo é gerar reflexão sobre nosso comportamento e compreender que uma crise na relação tem responsabilidade em ambos. Um comportamento alimenta o outro. Para mudar, é necessário alterar o que pertence ao nosso comportamento que alimenta o circuito negativo do casal. Não adianta olhar somente para o que o outro está fazendo. É mais produtivo e saudável olhar e refletir sobre a única coisa que temos controle: nosso comportamento.

Leia mais

09 AprHomens irresponsáveis, casamentos difíceis


(Português) Se você é pai (ou mãe), têm filhos que dependem de você, financia uma casa (que é o lar da sua família), tem bocas para alimentar, é preciso um certo planejamento para sair de um emprego. É o ônus da história, afinal.

Leia mais
Inscreva-se em nossa newsletter

Últimos posts

Instagram

  • Fim do curso. Fim do Richard e a Christa no Brasil. Foram dias intensos, profundos, plenos e amorosos. Thanks Richard and Christa for sharing with us yours lights, thoughts, knowledge and worldview 💛💚
#love #soul #behavior #movimentoshumanos
  • Vogue México (@voguemexico ) traz na sua capa deste mês um Muxe. Especialmente na região do Oaxaca existem muitos Muxes que representam, com seu estilo de vida, a dualidades do feminino e o masculino. Chamados por alguns do terceiro gênero, vivem nesse país desde tempos prehispánicos. #diversidade #mexico #lgtbq #behavior #movimentoshumanos
  • Minha coleguinha de aula, amiga querida Drica (@dricadequechsola ). Aprendendo juntas com Richard (@barrettvalues ), Christa e Roberto (@robertoziemer ) 💚
#amizade #cultura #behavior #movimentoshumanos
  • Ampliando a consciência: Living Your Soul's Destiny curso com Christa Schreiber e Richard Barrett ( @barrettvalues )💚
Esse curso é dado por eles na Toscana. Meu querido Roberto Ziemer @robertoziemer ) trouxe para o Brasil. Um curso que de certa maneira reúne todos os estudos do Richard sobre o ser humano.
#serhumano #behavior #movimentoshumanos

Seguir!

(Português) Baixe o Projeto Uno

* obrigatório
Gênero