fbpx

12 Jun 2020(Português) Dia do amor que namora


(Português) Como é bom namorar, não é mesmo? Quando estamos no início do relacionamento ou ainda na fase da conquista, ficamos nervosos, ansiosos, meio que em estado permanente de atenção sobre tudo que se relaciona à pessoa que cativou o nosso interesse. Caprichamos em ser o nosso melhor, temos o riso solto e o corpo tenso. Ficamos alguns tons acima de nossa verdadeira melodia na busca por uma harmonia a dois que nos leve ao sonho do amor perfeito, mesmo que temporário.

Leia mais

09 Jun 2020(Português) Ceder é do feminino?


(Português) Boa parte de nós, mulheres latinas acima de 40 anos, carregamos a crença de que amar significa, de certa forma, atender e ficar à disposição do nosso amor. Seja talvez, pela noção distorcida de autoridade que algumas mulheres têm em relação aos homens – e por isso o tratam com um certo receio de desobedecer –, ou talvez, seja pela noção de que o homem é um ser com uma certa fragilidade, e portanto, não devemos magoá-los nem contrariá-los. Podemos dizer que, no fim, é comum as mulheres, especialmente as que estão na faixa acima de 40 anos, irem acomodando suas vidas ao redor do seu amor, entanto é incomum o homem fazer o mesmo.

Leia mais

05 May 2020(Português) Ele não cumpre as promessas de melhoria na relação. Desistimos ou insistimos?


(Português) Há tempos acompanho como as mulheres – e os homens – vêm se sentido. Em 2010 as mulheres estavam numa contradição: por um lado carregavam o discurso de autossuficiência e poderosas, embaladas pela mídia e pelo discurso feminista que se tornava mais atuante. Por outro lado, sentiam-se tristes e raivosas pela perspectiva de não conseguirem um companheiro em quem pudessem confiar e se entregar. Sentiam que se fortalecendo como mulheres e colocando novos limites de respeito, havia grandes chances de ficarem sozinhas.

Leia mais

03 Apr 2020(Português) Executivas e o velho dilema do sexo e romance no trabalho


(Português) Existe o antigo ditado que diz: “onde se ganha o pão não se come a carne”. Desde que aumentamos enlouquecidamente as horas de trabalho, o pão e carne dividem o mesmo espaço. Não poderia ser diferente: para quem se dedica intensamente a sua carreira profissional, os lugares de maior interação social são, quase na sua maioria de vezes, o ambiente de trabalho e estudos. Ao mesmo tempo, não existe ponto mais cruel do que o sexo e amor para trazer a tona o machismo corporativo.

Leia mais

28 Feb 2020(Português) A dificuldade em dizer “chega”


(Português) Quando ouço mulheres executivas dizerem que nunca perceberam comportamentos machistas em relação a elas no ambiente de trabalho, penso no longo caminho que ainda temos para recorrer contra o machismo. 

Leia mais

18 Feb 2020(Português) Felicidade a dois é possível?


(Português) Quando ouço homens e mulheres sobre suas tentativas para estabelecer uma relação amorosa duradora e feliz, penso como é difícil conseguir um companheiro para toda a vida. Como é difícil ser feliz numa relação a dois. Creio que sempre foi. A diferença é que o desejo de ser feliz não era um objetivo de vida na vida de nossos pais e antepassados. A maioria queria uma vida boa – segura, confortável e estável – mas aceitava as dificuldades como uma realidade quase imutável.

Leia mais

14 Jan 2020(Português) Justiça nas decisões de um casal


(Português) Provavelmente quando este texto seja publicado estarei voando em direção à Índia. Sonho antigo que estarei realizando. Estive pensando porque tinha demorado tanto tempo para embarcar em direção a esse sonho… Há várias razões: tempo, dinheiro, outras prioridades e, sem dúvida, a resistencia que meu marido tinha por conhecer esse país. 

Leia mais

17 Dec 2019(Português) O que tem debaixo da sua árvore de Natal?


(Português) Dezembro, a quinze dias do fim do ano, e o relógio parece ter ficado mais acelerado ainda. Existe uma certa paranoia generalizada em que as pessoas vivem como se o mundo fosse acabar. Muitos terão alguns dias de folga e o cansaço do ano – que, diga-se, não foi nada fácil – parece que não é mais suportável. Todos estão agitados. Todos parecem exaustos. Loucos para largar tudo e mergulhar em dias de praia e sol.

Leia mais

13 Aug 2019rascunho


(Português) Os privilégios masculinos foram herdados de uma cultura antiga. Cultura que era transmitida desde cedo, no lar. O Poder Sobre podia ser agressivo e violento, que como todos sabem, leva atá hoje ao feminicídio. Ou podia ser discreto. Mostrando uma braveza contida. Ameaçadora. Que carregava, muitas vezes, na sua sutileza, uma violência tão daninha como a da agressão física. Por ser  dissimulada,  a vítima nem sempre sabia, conscientemente, que estava sendo intimidada. Somente sentia a intimidação e começava a agir para evitar  “irritar” o companheiro.

Leia mais

06 Aug 2019(Português) A dificuldade em dizer adeus a um relacionamento


(Português) Há um comportamento, que tem se tornado característicos nos relacionamentos: o sumir. A pessoa se relaciona, demostra interesse, que está gostando – ou, pelo menos, a leitura do outro é essa – e um belo dia, simplesmente, some. Não atende telefone, não responde as mensagens de whatsapp e em alguns casos, bloqueia a, até ontem, pessoa amada. Sem explicação. Sem nenhuma palavra.

Leia mais
(Português) Receba nossa newsletter

Nome

E-mail

Últimos posts

Instagram

Instagram has returned invalid data.

Seguir!

(Português) Baixar os Movimentos Humanos

Nome*

E-mail*

Idade

Gênero