fbpx
Inscreva-se em nossa newsletter

Instagram @nanybilate

  • Ontem, mais uma vez, assistimos a apresentação de dança das nossas meninas. Orgulho e felicidade por participar de perto do desenvolvimento delas. Como meu marido disse ontem, não basta ser tio, tem que ser garçom, carregador de sacolas, torcida organizada e muito mais. 🌸🏵️❤️
  • Um dos meus amores 🧡
  • Esta semana escrevi sobre a #decisão em ter ou não #filhos pela qual toda mulher passa em algum momento. Parece que, quanto mais tarde, mais pressão.  Apesar disso, reforço: a escolha é nossa! E só nossa! O link para o texto está na bio aqui do Instagram. 
#maternidade #gravidez #sociedade #behavior #movimentoshumanos #escolhas #essência #proposito #vida #carreira #felicidade #madrasta #paisefilhos
  • Símbolo da #resistência, minha homenagem a ele nesta semana. #DiaInternacionaldoNelsonMandela #18dejulho #luta #gloria #behavior #movimentoshumanos #batalhas #liberdade #amor #madiba #nelsonmandela #sobreliberdade #alma #essência #vida #felicidade

Seguir!

Baixe o Projeto Uno

* obrigatório
Gênero

18 JunSucesso, dinheiro e liberdade. Será que eles convivem bem?


Perguntar como vão os sonhos ao brasileiro, mesmo em época de crise, ajuda a compreender como veem o futuro e quais valores os estão guiando. Entra crise, sai crise, o que continua imbatível é o desejo por liberdade. Em época de crise, o sonho pela liberdade, vira uma queixa constante pela percepção da falta. Em época de bonança, parece ser o sonho que guia o futuro.

Leia mais

04 JunA solidão das mulheres que investiram em autoconhecimento


Há mais de três décadas que frequento cursos, seminários, congressos, eventos, palestras e grupos de discussão sobre os temas mais diversos. Mesmo que os temas versem sobre o amplo mundo das ciências humanas, posso afirmar que nesses anos todos, a maioria dos participantes era mulher. E antes de continuar, e alguém levante dúvidas, trago aqui como fonte, o censo realizado pelo Inep, órgão do Ministério da Educação (censo de 2017): “elas são 55% dos estudantes ingressantes, 57% dos matriculados e 61% dos concluintes dos cursos de graduação. Na licenciatura, por exemplo, 70,6% das matrículas são do sexo feminino”.

Leia mais

11 FebA busca pela felicidade nos leva para onde?


Continuando minhas reflexões sobre  o documentário Sexo e Amor Pelo Mundo (o primeiro texto você acessa aqui), trago agora o tema da Felicidade. Um dos sete Movimentos Humanos que lancei em 2013, A Tal Felicidade mostra como ser feliz tinha se tornado um dos grandes motivos de existência da nossa sociedade contemporânea.

Leia mais

21 NovO sonho de liberdade que nos assombra


“Sou feliz com a liberdade dentro da minha gaiola”. Lembro sempre dessa frase que ouvi de um participante do Projeto Homens em 2011. Ter esse nível de consciência, estou cada vez mais convencida, é para poucos. Pelo que percebo, a maioria de nós, sonha com um estado de liberdade que, na prática, temos pouco ou nenhuma coragem de encarar. Mesmo assim, o sonho da liberdade plena nos faz viver com toques de frustração e uma eterna insatisfação impossível de saciar.

Leia mais

30 MayA sabedoria de envelhecer


Cada um de nós tem um tipo de relação com a vida e por consequente, com a saúde e a beleza física. Estou entrando na meia idade com atenção total a tudo o que se passa nos meus corpos físico, emocional e intelectual. O que está claro para mim até agora, é que ficar mais velha requer muito mais de sabedoria do que de força e resistência física. E essa transferência de fonte de recursos leva um tempo para aprender.

Leia mais

06 FebOs buracos na nossa vida


Tenho pensado sobre as grandes mudanças que vivemos de tempos em tempos. Sei que estamos em constante evolução, e que nestes tempos de transição de valores e crenças, as transformações parecem mais acentuadas. Porém, acredito que há fases nas nossas vidas que tudo parece levar para um clímax que desencadeia uma mudança estrutural. A partir desse ponto, poucas coisas serão como antes.

Leia mais

24 JanSonhar, realizar e tudo mais que existe no meio do caminho


Neste início de ano, pensando sobre meus desejos, lembrei de um aniversário meu de muitos anos atrás. Era uma época que trabalhava muito e tinha em mim uma quase angústia sobre meu futuro. Por conta disso, gostava de passar meus aniversários sozinha. Viajava e aproveitava o tempo para me restabelecer do ano que tinha passado e pensar – muito – sobre o novo ano. 

Leia mais

21 DecMarília Mendonça e as crenças sobre o amor


Final de ano, tempo que alinho os aprendizados na teia que representa para mim os Movimentos Humanos. Tenho interiorizado bastante sobre…

Leia mais

11 Dec51 anos. Mais do que uma boa ideia, um mar de possibilidades


Me saber de meia idade chega a ser divertido. A ideia que temos de uma pessoa com mais de 50 anos é distinto do que vemos por aí. Quero pensar que estou sendo lúcida em afirmar que a maioria de nós, cinquentões do ambiente sociocultural que frequento, está melhor fisicamente do que nossos pais e a geração deles.

Mesmo assim, os anos não passaram em vão. Eu vivi 50 anos. Toda essa bagagem me acompanha e é notória na minha forma de ver o mundo e no meu corpo físico, conjunto que me tornam a mulher que sou hoje.

Leia mais

08 NovInadequado e sozinho. Talvez signifique que você esteja sendo você


Somos produtos de uma série de influências. O ambiente familiar onde crescemos é o primeiro influenciador que, por sua vez, é influenciado pelo cultural em que está inserido. Crescemos recheados de crenças que nos são colocadas em cada gesto, em cada palavra, em cada atitude.

Leia mais