fbpx

17 Apr 2020(Português) Impossível voltarmos à mesma cultura organizacional pós-pandemia


(Português) Tenho pensado nas consequências emocionais e comportamentais do período de isolamento por conta da Covid-19 nas nossas vidas. Por mais que não percebamos, semana após semana isolados, mudamos. E isso influenciará o relacionamento com o trabalho executivo. Nossa rotina e forma de agir no mundo corporativo foi virada de cabeça para baixo e talvez nem notamos. Nossas prioridades ficaram confusas e nossas certezas jogadas ao rio que corre solto em direção a algum destino que desconhecemos. Só isso já cria uma instabilidade emocional que nem todos têm capacidade de aguentar e, muito menos, lidar. Alguns de nós se apoiam na ideia de que voltarão e retomarão a vida no ponto que parou. Impossível. Especialmente para as executivas que são mães.

Leia mais

13 Apr 2020(Português) Eu sonhei um Brasil amoroso


(Português) No domingo de Páscoa com o mundo silencioso em função a pandemia da Covid-19, fiquei emotiva. Assisti compenetrada ao concerto do tenor Andrea Bocelli feita na Catedral Duomo em Milão. E pensei. Pensei em todas as famílias separadas por conta do isolamento que não puderam se abraçar nem compartilhar a festa dos ovos de Páscoa. Pensei nas mortes que assolam famílias pelo mundo inteiro. Pensei em famílias que ficaram com o corpo inerte de seu ente querido por dias, até as autoridades poderem ir buscar, dada o volume de mortos. Pensei na imagem que vi do Equador, com as pessoas deixando os corpos na rua porque não há serviço de retirada. Pensei na vala comum que foi criada próximo a Nova York. Pensei nos vulneráveis que nem comida têm, imagina ter sabão e álcool gel. Pensei nos profissionais que estão de cara com a doença todo dia se expondo e expondo suas famílias pelo bem da sociedade. Pensei, meditei e orei. Foi aí que que  fiz algo que faço desde pequena quando a situação me dói muito: vou para um futuro imaginário. Intencionando que se torne verdade.

Leia mais

23 Apr 2019(Português) Os Outsiders e as fronteiras que criamos


(Português) Hoje quando vejo pessoas chamando a atenção de forma ostensiva e grosseira num ambiente público só pelo prazer de provocar e irritar, ao invés de me incomodar, me sensibilizo. Penso na dor que causamos, como sociedade, para levar a essa atitude. A mudança de mindset se deu quando compreendi melhor o que é ser um outsider. Ou melhor, o que sente um outsider.

Leia mais

09 Apr 2018As amizades femininas cada vez mais com laços profundos


(Português) Cresci sendo alimentada pela crença que mulheres não podiam ser amigas umas das outras. Era uma época que a identidade feminina – assim como a masculina – era construída quase exclusivamente a partir da diferenciação com o outro sexo; o que contribuía a criar um ambiente competitivo nas relações.

Leia mais

29 Sep 2017O mundo está melhor apesar dos pessimistas


(Português) Exemplos disso foi a reação da sociedade, especialmente dos jovens, com os terremotos em México. A corrente de ajuda que se criou teve a agilidade que os jovens dão a todo que tocam e a força originada pelo volume de pessoas que se mobilizaram para ajudar.

Leia mais

19 Jun 2017(Português) São Francisco, a diversidade a partir do individualismo


(Português) Creio que em São Francisco e na Califórnia consideram a diversidade a partir da perspectiva da liberdade individual. O direito de ser deve ser respeitado como forma de convívio social.

Leia mais

28 Mar 2017Solidariedade: as diferenças que nos traz totalidade


Sorry, this entry is only available in Brazilian Portuguese.

Leia mais

15 Mar 2017A empatia que nos humaniza


(Português) Seja qual for o caminho para que a empatia aconteça, é só depois dela que podemos, se necessário, traduzir o que o outro está sentindo ajudados pela racionalidade, dando nuances lógicas que clarifiquem a situação.

Leia mais

31 Oct 2016(Português) As relações precisam de reciprocidade, o amor não.


(Português) O amor é um sentimento que ganha força e cresce quanto mais o sentimos e oferecemos. Não foi feito para ser buscando e recebido, mas para ser oferecido, e quanto mais o ofertamos, mais plenos e preenchidos nos sentimos.

Leia mais

12 Sep 2016Nossos filhos estão se tornando o mundo que tanto ansiamos?


Tento transitar em diversos mundo Meu olhar observador me permite observar como construímos nossas verdades. Primeiro vínculo é a família nuclear…

Leia mais
(Português) Receba nossa newsletter

Nome

E-mail

Últimos posts

Instagram

Instagram has returned invalid data.

Seguir!

(Português) Baixar os Movimentos Humanos

Nome*

E-mail*

Idade

Gênero