fbpx

09 Jan(Português) Quando o amor se torna racional


(Português) Entra ano, sai ano e continuamos sonhando com o amor romântico. Levei anos para entender que para ele existir e permanecer na nossa vida, na forma que o sonhamos “feliz”, precisamos de um lado racional bem desenvolvido. Chamaria isso de amor romântico racional. Sem a racionalidade – que nada tem a ver com frieza – o amor pode simplesmente nos levar para relações sofredoras. Se você é um típico latino dramático, que acredita que a vida foi feita para sofrer; então, está tudo certo: a gente cria a vida que dá vida às nossas crenças.  

Leia mais

04 Jan(Português) João de Deus e nosso desejo da perfeição


(Português) As acusações trazidas a tona sobre o médium João de Deus no fim do ano me chocaram pela gravidade: abuso sexual de mulheres e de crianças. Gravíssimo. A parte do enriquecimento não me surpreendeu por ter percebido, a única vez que estive por lá, o foco que tinha no dinheiro, toda a organização em torno do médium. A espiritualidade, como eu a conheço, está para servir e menos, bem menos, para receber. Entendo que precise sobreviver, e para isso precise de fundos.

Leia mais

19 Dec(Português) Quando o real não é suficiente


(Português) Gosto do que é real. Talvez por ter vindo de uma família que gostava da fantasia, e em alguns casos, da ilusão. Como contraponto sempre apontava o que era irreal. Claro que isso gerava desconforto. Para quem gosta de caminhar pelas sendas da ilusão, alguém que traga a realidade é incômodo. Chato.

Leia mais

10 Dec(Português) A vaidade no poder. Como escapar dela?


(Português) Tanto tempo observando as lideranças no mundo corporativo me ensinou que poucos conseguem suportar a vertigem da escalada rápida. A vaidade, tão bem promovida pelo mundo corporativo, como forma de capturar os profissionais capazes de gerar lucratividade, pega praticamente, todos. Como escapar? Difícil.

Leia mais

05 Dec(Português) O conforto da alienação ou a inquietação de agir no mundo?


(Português) Busquei iniciar as entrevistas do Projeto Uno logo após as eleições para captar o mais próximo possível o espírito das pessoas. Saber como o ambiente tóxico das eleições tinha tocado pessoas comuns. O quanto esse ambiente tinha influenciado sua visão de mundo. Especialmente no que se refere à identidade feminina e masculina. Centro dos meus estudos. Devo confessar que esperava encontrar pessoas com alto grau de agressividade. Algumas felizes pelo resultado e a fim da dar o troco pelos anos petistas; outras tristes e raivosas torcendo para que dê tudo errado. Ledo engano. O que tenho encontrado são características fortes nos brasileiros: delicadeza e desejo de paz.

Leia mais

27 Nov(Português) As máscaras que ocultamos até de nós mesmos


(Português) Aprendemos desde cedo a colocar máscaras para lidar com o mundo. Nossos pais nos ensinam que não devemos expressar tudo o que pensamos e queremos dizer.  De certa forma, vamos aos poucos aprendendo a calar e mentir. Comportamentos que assumimos benéficos e corretos para morar em sociedade. Com o tempo, desenvolvemos também o traquejo social que vai criando nossa persona – personalidade que usamos para nos apresentar socialmente – a qual ativamos assim que colocamos o pé fora de casa. Costumamos ter várias personas. Cada uma adequada a cada núcleo social. Todas unidas a uma persona principal para representarem o mesmo ser humano com diversas facetas.

Leia mais

21 Nov(Português) O sonho de liberdade que nos assombra


(Português) “Sou feliz com a liberdade dentro da minha gaiola”. Lembro sempre dessa frase que ouvi de um participante do Projeto Homens em 2011. Ter esse nível de consciência, estou cada vez mais convencida, é para poucos. Pelo que percebo, a maioria de nós, sonha com um estado de liberdade que, na prática, temos pouco ou nenhuma coragem de encarar. Mesmo assim, o sonho da liberdade plena nos faz viver com toques de frustração e uma eterna insatisfação impossível de saciar.

Leia mais

13 Nov(Português) A masculinidade entre a sensibilidade e a fraqueza


(Português) Levantando dados para nutrir o Projeto Uno, projeto que alimenta os conhecimentos da behavior e deste blog, um dado me chocou: o suicídio é a principal motivo de morte dos homens abaixo de 45 anos na Inglaterra e nos Estados Unidos.  Mais: o número de suicídios de homens é quase quatro vezes maior que a de mulheres nesses dois países. Desse grupo de suicidas, nos Estados Unidos, a maioria pertence à raça branca.  Descartando assim a ideia de minoria que não encontrou seu lugar no mundo.

Leia mais

07 Nov(Português) Encantamento e paixão, emoções que alimentam nosso ser


(Português) Tem uma fase da vida que acreditamos que toda grande paixão se tornará um grande amor. Entramos nela sugados pelo magnetismo que a paixão é capaz de exercer e com a sensibilidade à flor da pele, vamos nos perdendo num mundo de emoções e sentimentos que não nos permite raciocinar. Costuma ser grande a decepção quando a paixão mingua e a promessa de amor eterno se dissipa no ar.

Leia mais

22 Oct(Português) O que é a beleza na terceira idade para você?


(Português) Esses dias recebi um elogio que me fez feliz e, claro, me fez pensar sobre a lógica que eu tenho sobre a beleza. Meu marido e eu estávamos falando sobre idade – nossas – e seus reflexos nas nossas vidas. Este tema tem nos circundado nos últimos anos, desde que chegamos à década de 50. Modificações claras e visíveis aconteceram rapidamente. Ambos somos cuidadosos com o físico e nossa aparência.  E optamos em fazer isso da forma mais natural possível. Nessa escolha, o corpo vai mostrando, gradativamente, o que é ficar mais velho sem grandes artificialidades.

Leia mais
Inscreva-se em nossa newsletter

Instagram

  • Ontem, mais uma vez, assistimos a apresentação de dança das nossas meninas. Orgulho e felicidade por participar de perto do desenvolvimento delas. Como meu marido disse ontem, não basta ser tio, tem que ser garçom, carregador de sacolas, torcida organizada e muito mais. 🌸🏵️❤️
  • Um dos meus amores 🧡
  • Esta semana escrevi sobre a #decisão em ter ou não #filhos pela qual toda mulher passa em algum momento. Parece que, quanto mais tarde, mais pressão.  Apesar disso, reforço: a escolha é nossa! E só nossa! O link para o texto está na bio aqui do Instagram. 
#maternidade #gravidez #sociedade #behavior #movimentoshumanos #escolhas #essência #proposito #vida #carreira #felicidade #madrasta #paisefilhos
  • Símbolo da #resistência, minha homenagem a ele nesta semana. #DiaInternacionaldoNelsonMandela #18dejulho #luta #gloria #behavior #movimentoshumanos #batalhas #liberdade #amor #madiba #nelsonmandela #sobreliberdade #alma #essência #vida #felicidade

Seguir!

(Português) Baixe o Projeto Uno

* obrigatório
Gênero