fbpx

Volta ao amor

12 NovCasamento de aparências. Por que ainda existe?


Desde jovem me questionava sobre o porquê um casal continuava junto sendo infeliz. Por ser uma pessoa observadora, desde pequena cresci notando casais assim. Lembro que ouvia as mulheres reclamarem seriamente de seus maridos. Ouvia os homens meio brincando, meio de verdade, lamentarem o fato de estarem casados. Via a reação das mulheres e, mesmo sem entender totalmente, notava que a frase dita pelos maridos, tinha base de verdade. Lembro que isso me fazia pensar sobre o que realmente significava o casamento para boa parte das pessoas. Era realmente por amor?

Leia mais

29 OctA Bela e a Fera no amor. Será que vale a pena?


Aprendi a gostar de filmes e desenhos animados da Disney com meu marido. O fato de ter aprendido a gostar mais deles como adulta, me faz vê-los com um olhar de pesquisadora e analisar as mensagens que eles transmitem para nós. Um dos contos de fadas que gostei de ver na grande telona e no palco como musical, A Bela e a Fera, é meu tema de reflexão neste texto. Para mim esse conto de fadas representa o que vejo bastante nas minhas pesquisas: a crença que cabe às mulheres a tarefa de transformar o monstro em um lindo e amoroso príncipe.

Leia mais

09 OctRelacionamentos. As negociações do amor na meia-idade


Amor. Todos queremos, todos sonhamos. Muito mais em ser amados do que em amar. Amor tem a ver com entrega. Amor tem a ver com responsabilidade. O amor é uma energia que se retroalimenta com o exercício de amar. Quanto mais amamos, mas sentimos o amor dentro de nós. Ser amados acalenta a alma.

Leia mais

01 OctA solitude que alimenta o ninho vazio


O mês passado falei sobre a dificuldade em viver uma nova fase do casal: o Ninho Vazio. Diversos comentários que recebi, me levaram a pensar o quanto é uma fase difícil. Junta as mudanças da faixa etária –mulheres entrando no climatério –, novo momento do casal, transformação de ciclo profissional… Tempo de transformações intensas especialmente para quem se dedicou quase que integralmente para a família.

Leia mais

06 AugA dificuldade em dizer adeus a um relacionamento


Há um comportamento, que tem se tornado característicos nos relacionamentos: o sumir. A pessoa se relaciona, demostra interesse, que está gostando – ou, pelo menos, a leitura do outro é essa – e um belo dia, simplesmente, some. Não atende telefone, não responde as mensagens de whatsapp e em alguns casos, bloqueia a, até ontem, pessoa amada. Sem explicação. Sem nenhuma palavra.

Leia mais

30 JulNinho vazio. E agora, casal?


Primeiramente, para se adaptar ao ninho vazio – tempo do casal em que os filhos saem da casa para viver suas próprias vidas – os casais precisam gostar do vazio e da companhia um do outro. Os filhos preenchem e ocupam o dia a dia. Viram tema de conversa. Motivo de diálogo. Quando eles saem da casa, por maior o elo com eles, cria-se e uma distância. Surgirão dias em que o comentário não gira mais em torno deles. É nesse momento que o casal, volta a olhar um para o outro e reiniciar uma parceria amorosa. Ou não.

Leia mais

02 JulFamília & Casamentos. Ampliando a roda de aprendizados


Dias desses fui convidada para ser a ceremonialista num casamento. São amigos queridos que acompanho desde que se conheceram. Escolhi falar sobre três pontos: amor e relacionamento – algo que, para mim, como tenho escrito por aqui, são coisas diferentes; o significado de celebrarmos um casamento – o compromisso que se assume perante o grupo social selecionado para estar presente; e por último, os elos que se criam ao unir dois seres humanos, ampliando os elos familiares. É sobre este último item que escrevo esta semana para refletirmos juntos.

Leia mais

01 AprO que move tuas relações românticas – afetivas?


Em tempos de busca pela equidade entre gêneros, a luta é fundamental. Não se rompe um sistema de crenças sociais sem que haja confronto. A história é clara sobre isso. Estava em Portugal no dia 8 de março, quando celebramos o dia Internacional da Mulher. Igual que no Brasil, o feminicídio esteve reinante nas mídias de lá. Ver e ouvir casos e números gera revolta e incômodo. Sem dúvida.

Leia mais

09 JanQuando o amor se torna racional


Entra ano, sai ano e continuamos sonhando com o amor romântico. Levei anos para entender que para ele existir e permanecer na nossa vida, na forma que o sonhamos “feliz”, precisamos de um lado racional bem desenvolvido. Chamaria isso de amor romântico racional. Sem a racionalidade – que nada tem a ver com frieza – o amor pode simplesmente nos levar para relações sofredoras. Se você é um típico latino dramático, que acredita que a vida foi feita para sofrer; então, está tudo certo: a gente cria a vida que dá vida às nossas crenças.  

Leia mais

07 NovEncantamento e paixão, emoções que alimentam nosso ser


Tem uma fase da vida que acreditamos que toda grande paixão se tornará um grande amor. Entramos nela sugados pelo magnetismo que a paixão é capaz de exercer e com a sensibilidade à flor da pele, vamos nos perdendo num mundo de emoções e sentimentos que não nos permite raciocinar. Costuma ser grande a decepção quando a paixão mingua e a promessa de amor eterno se dissipa no ar.

Leia mais
Inscreva-se em nossa newsletter

Frases

Instagram @nanybilate

  • Fim do curso. Fim do Richard e a Christa no Brasil. Foram dias intensos, profundos, plenos e amorosos. Thanks Richard and Christa for sharing with us yours lights, thoughts, knowledge and worldview 💛💚
#love #soul #behavior #movimentoshumanos
  • Vogue México (@voguemexico ) traz na sua capa deste mês um Muxe. Especialmente na região do Oaxaca existem muitos Muxes que representam, com seu estilo de vida, a dualidades do feminino e o masculino. Chamados por alguns do terceiro gênero, vivem nesse país desde tempos prehispánicos. #diversidade #mexico #lgtbq #behavior #movimentoshumanos
  • Minha coleguinha de aula, amiga querida Drica (@dricadequechsola ). Aprendendo juntas com Richard (@barrettvalues ), Christa e Roberto (@robertoziemer ) 💚
#amizade #cultura #behavior #movimentoshumanos
  • Ampliando a consciência: Living Your Soul's Destiny curso com Christa Schreiber e Richard Barrett ( @barrettvalues )💚
Esse curso é dado por eles na Toscana. Meu querido Roberto Ziemer @robertoziemer ) trouxe para o Brasil. Um curso que de certa maneira reúne todos os estudos do Richard sobre o ser humano.
#serhumano #behavior #movimentoshumanos

Seguir!

Baixe o Projeto Uno

* obrigatório
Gênero